2ª via boleto
Localizar Imóveis

Como sair do aluguel e comprar a casa própria sem se endividar

29 de março de 2019
Voltar

Compartilhe

Comprar um imóvel sem se endividar é possível! Mesmo que no início pareça um objetivo distante e de alto custo, tudo é possível com um bom planejamento e uma boa organização financeira.

Existem sim pessoas que se dispõem e se esforçam o suficiente para quitar a construção a vista. Porém, sabemos que essa não é a realidade da maioria das pessoas. E pra elas, o financiamento se torna a opção mais viável para conseguir realizar essa compra.

Reunimos algumas dicas para você descobrir como adquirir o imóvel sem se afogar nos débitos. Confira!

Guarde dinheiro para dar entrada

Independentemente do tipo de financiamento escolhido, é necessário dar uma entrada. Claro que, esse valor será determinado pela instituição que vai lhe auxiliar nesse crédito.  Mas podemos afirmar que o valor mínimo, é de pelo menos, 20% do preço total do imóvel. Portanto, separe um pouco a mais do que o seu fundo de emergência para poder chegar ao valor ideal da entrada.

Faça uma reserva financeira para a documentação

Procure construir um capital para lidar com os custos da documentação. Sim, a parte burocrática além de levar um tempo vai levar um pouquinho do fundo de emergência também.

O ITBI (Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis) é cobrado pela prefeitura e normalmente é cerca de 2% do valor da propriedade. Já o registro do proprietário é um documento emitido pelo cartório e que serve para comprovar quem é o dono do imóvel.  Esse conjunto de taxas variam de acordo com o valor do bem.

Conheça as principais metas para definir e comprar a casa própria em Lajeado clicando aqui! 

Também não podemos esquecer das taxas de mudança são aquelas que você terá que pagar para transportar seus móveis e outros objetos para a nova casa. Esses são gastos com os quais você terá que lidar, portanto, é importante se preparar para eles.

Pague todas as suas dívidas

O terceiro passo é dar prioridade a quitar as dívidas existentes. Depois de organizar as suas finanças, identifique seus endividamentos e trabalhe para sair deles o mais rápido possível. Entre em contato com a instituição em que possui débitos e tente negociá-los.

Quer outra dica de ouro?

Você também pode economizar nos gastos essenciais! O supermercado, por exemplo,  pode sair mais barato. Para isso, você precisa evitar fazer as compras quando estiver com fome, faça uma lista com tudo o que precisa e dê um limite para o valor final da compra. Assim, você evita comprar itens por impulso.

Algo que pode tornar esse trajeto ainda mais fácil é o apoio dos familiares e amigos. Converse com todos, deixe-os a par da situação, das mudanças financeiras e peça a contribuição deles.

Nós queremos te conhecer e te ajudar a encontrar o imóvel que você tanto procura! Clique aqui  fale com a nossa equipe de especialistas.

Conte com a gente,

Preencha seus dados para que possamos entrar em contato.

Fale com um corretor

Fale diretamente com um corretor de vendas

Fale com nossa equipe de aluguel

Falar com corretor disponível

Oufale diretamente com um corretor de vendas

Fale diretamentamente com um corretor de vendas