2ª via boleto
Localizar Imóveis

Como funciona a análise de crédito para compra de imóvel em Lajeado

31 de maio de 2019
Voltar

Compartilhe

A análise de crédito é comum no dia a dia de quem trabalha com imóveis, mas como funciona? Com o propósito de avaliar se ele tem condições de arcar com a dívida que será assumida as instituições estudam a fundo o cliente. Ou seja, funciona como uma garantia buscada pelos bancos para certificar a capacidade de pagamento do solicitante.

Assim, são analisados dados como: vencimentos, qual a capacidade de endividamento, entre outras informações importantes. Depois, são estabelecidos os valores máximos que podem ser liberados, qual a taxa de juros que será cobrada e o prazo para pagamento.

Por isso, reunimos para você como funciona a análise de crédito para compra de imóvel em Lajeado! Confira:

AVALIAÇÃO DE DADOS

As características individuais de quem busca esse financiamento vão ser analisadas. Nesse quesito, informações pessoais e perfil financeiro, como CPF, nível de escolaridade, profissão, renda e até mesmo os hábitos de consumo, podem ser analisados.

Quanto ao quesito idade, quanto mais jovem for o solicitante, melhores podem ser as condições de pagamento! Já que o tempo para quitar a dívida é maior (podendo chegar a 30 anos, nos casos como o da compra de imóveis).

CONDIÇÕES FINANCEIRAS

Na questão financeira, a renda é o principal ponto. Pois não é permitido comprometer um percentual muito elevado das receitas do solicitante com empréstimos. Então o contracheque ou imposto de renda são documentos solicitados durante a análise de crédito, sendo essencial comprovar os vencimentos ao banco.

QUAIS OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS?

Estar com a documentação em mãos na hora de pedir a aprovação do crédito é importante e pode agilizar (e muito) o processo de análise. Aqui estão alguns exemplos do que pode ser pedido:

  • Documentos de identificação: carteira de identidade e CPF que servem para o banco obter as características pessoais do cliente e analisar o histórico de consumo, por exemplo;
  • Carteira de Trabalho;
  • Comprovante de endereço;
  • Comprovante de estado civil;
  • Comprovação de renda: O contracheque deve ser apresentado em caso de profissional com carteira assinada. Já os autônomos precisam apresentar o extrato da conta ou imposto de renda.

COMO AUMENTAR AS CHANCES DE APROVAÇÃO?

Ter o nome limpo é um dos aspectos que mais ajuda nessa hora, é sempre bom checar se todas as contas estão em dia. Abrir uma conta no banco desejado e manter um bom relacionamento no mesmo também pode ser uma forma interessante de obter melhores vantagens no financiamento, como taxas de juros menores e prazos melhores para pagamento, fica a dica!

Nós queremos te conhecer e te ajudar a encontrar o imóvel que você tanto procura! Clique aqui  fale com a nossa equipe de especialistas.

Conte com a gente,

 

Preencha seus dados para que possamos entrar em contato.

Fale com um corretor

Fale diretamente com um corretor de vendas

Fale com nossa equipe de aluguel

Falar com corretor disponível

Oufale diretamente com um corretor de vendas

Fale diretamentamente com um corretor de vendas